quinta-feira, 17 de maio de 2007

Empreendedorismo pouco ortodoxo

Já pensei num prostíbulo para cães, sério! Seria um local onde você poderia levar seu cachorro para se satisfazer..., é chato vê-lo atacando as almofadas, as pernas das visitas, triste pelos cantos se lambendo. Nesse local teríamos quartinhos, com cadelas vestidas a caráter, sempre num controle de períodos em que esteja no cio, trompas ligadas e etc..., O cachorro dava uma geral por uma tabela de preços baseada em raça e tamanho, pensei até em pôr umas webcams para transmitir on-line para pervertidos, quem sabe quantos esses zoófilos estão dispostos a gastar?
Mas depois me disseram que tinham leis contra isso e acabei desistindo do projeto...

Se você acha estranho montar um empreendimento como esse é por que você não viu isso:

Fiéis poderão acender velas na basílica de Nazaré pela web
Poxa! Eu só quero ganhar dinheiro vendendo o corpo das minhas cadelinhas, com coisas que elas já fazem por extinto, depois alguma sociedade protetora, ou uma ONG, ou mesmo a vizinhança vai me olhar como um cafetão canino e terei minha imagem denegrida.

Mas fazer você gastar R$ 20,00 para acender uma vela on-line!!!
Vá pra puta que pariu!
"Há alguns anos, o Serviço Postal de Israel criou um sistema de fax para receber pedidos a Deus, que são colocados entre as pedras do Muro das Lamentações, uma prática comum entre os judeus."
Não odeie cafetões caninos, odeie eles...

Um comentário:

Carrasco_Birita disse...

Gostei desse post jovem.. mas, prostibulo para animais é um pouco forte demais, não acha? è... acho q não.. mas, ja existem tantas idiotices no mundo, uma a mais não seria o fim do mundo... mas, vamos pelo menos começar a campanha... cachorrar infláveis para os pobres cachorrinhos... o nome pode ser assim, mas, as mesmas teriam q ser de pano... :) vlw mazelu.. belo post