domingo, 10 de fevereiro de 2008

Monstros gigantes e românticos

Eu me dedico muito em um relacionamento, mas em matéria de filmes eu me torno mais um "sem-noção", hoje quase que esbofeteio minha namorada quando estávamos na locadora e ela foi apontando para cada dvd na prateleira fazendo um review relâmpago: "esse é ótimo!", "Esse não presta...", "Mais ou menos", "Não gostei do final", "Esse é lindo!", "Esse o cara morre no final"... Poxa! Foi até divertido até ela falar mal do "300", quase que reflexivamente eu soltei um "tu é demente?", mas reformulei em um "o que é isso amor? Esse filme é um clássico, não é ruim não...", em outra ocasião eu constatei diante de vários casos anteriores que toda forma de vida baseada em carbono com cromossomos XX entra em uma letargia orgasmática quando vê o maldito "Dirty Dancing"(Para quem não sabe, do ingrês: Ritmo quente, Onde você uma performance de "The time of my life" que não chega aos pés de Herbert o velho pedófilo de Family Guy no episódio "Blue Harvest", a sátira de Guerra nas estrelas. Saca só: Patrick Swayze Vs Herbert ), alugue e copie compre o dvd desta bosta e dê de presente para sua fêmea e comprove a reação, eu agarantio! É complicado fazer com que mulheres apreciem "Tarantinos" da vida, mas a de hoje até que foi legal, fomos assistir "Cloverfield".
Imagem oficial do monstro gigante que destroi manhattan
Se você assistir este filme e disser: "Eu prefiro Godzilla...", você é uma Bichona, ou é crente, ou programa em Delphi. Os efeitos especiais, a destruição, o caos, a câmera pertubadora que dá uma dor de cabeça em alguns momentos, o filme segue um ritmo frenético e sagaz e no meio do apocalypse os personagens Rob, Lily e Hud (Os que sobraram até a metade do filme... hehehe) saem em busca de Beth no centro de diversões da criatura de satanás, porque? Porquê Rob ama Beth (Que lindo! :P), seria muito chauvinista avisar que dá pra ver a calcinha da Lily quando eles estão engantinhando no prédio semi-caído da Beth? , até que é interessante. Claro que não vai ganhar um oscar mas eu recomendo, agora eu ando pela cidade olhando através dos prédios imaginando uma porra gigante quebrando tudo. Até pensei numa sátira legal, a cabeça do cristo redentor rolando pelas praias de copacabana, mas com certeza o monstro ia cessar sua fúria caótica caindo no Complexo do Alemão crivado de balas aos 15 min. de filme. Para finalizar eu deixo este link curioso que encontrei no oráculo, são as roupas que os atores usaram no filme, ensanguetadas, rasgadas e tudo mais, que merda hem?

Um comentário:

João da Caucaia disse...

Falando em 300...
Lê isso. Achei mt engraçado: http://www.acidezmental.com/bibliabadass09.html